Radiação solar e suas consequências

Por Marisa Fonseca Diniz

earth_tilt_animation

Radiação solar é aquela energia radiante emitida pelo sol. A quantidade de energia que chega ao limite da alta atmosfera recebe o nome de constante solar e tem um valor aproximado de 2 cal/cm3/min, sendo que essa fração de energia varia de acordo com a distância entre o Sol e a Terra, assim como a intensidade da atividade solar. Metade da energia é emitida como luz visível na parte da freqüência mais alta do espectro eletromagnético, e o restante como radiação ultravioleta.

A radiação solar fornece a Terra anualmente 1,5 x 1018 kWh de energia responsável pelas características climáticas do planeta. A radiação é uma mistura de radiações com diferentes comprimentos de onda, a saber:

Radiação Visível: a luz é vista alho nu e contém 42% de energia da emissão solar e pode ser decomposta em radiações de cores distintas que vão da violeta até o vermelho;

Radiação Ultravioleta: representa 9% da energia total, tem menor cumprimento de onda que a luz visível, é uma radiação energética capaz de provocar a ruptura de certas ligações químicas levando a desorganização das moléculas;

Radiação Infravermelha: equivale a 49% da energia emitida pelo Sol, seu cumprimento é maior que o da luz, tem pouca energia e só produz agitação térmica.

Atmosfera

A atmosfera funciona como um filtro para a radiação solar na Terra, deixando passar alguns cumprimentos de onda ou reflete ou retém outros. Na parte alta da atmosfera temos a camada de ozônio, que absorve uma pequena porcentagem de radiação ultravioleta, e outra parte é absorvida pelos gases responsáveis pelo efeito estufa, tais como: vapor de água, gás carbônico, metano, entre outros.

Observe que 47% de toda a radiação chegam ao solo, sendo que 25,8% são absorvidos pela água, 21% pelo solo e apenas 0,2% é usado na fotossíntese. A energia que é absorvida pelo solo e pela água, meio físico, sendo responsável por colocar as circulações atmosféricas e marítimas em movimento vitais a biosfera.

Nem todos os pontos da superfície recebem a mesma quantidade de radiação solar, a posição da Terra em relação ao Sol e o movimento ao redor da sua estrela fazem com que as regiões mais próximas a Linha do Equador recebam mais energia do que as localizadas próximas aos pólos Norte e Sul. Os valores mais altos de radiação próxima ao solo foram registrados em alguns desertos em torno de 220 Kcal (cm2/ano).

O aumento da temperatura do planeta é ocasionado pelo acúmulo de gases na atmosfera, tais como o dióxido de carbono, metano, óxido de azoto, CFCs, que são provenientes do uso de combustíveis fósseis e indústria. O aumento da temperatura é conhecido como Efeito Estufa, sendo que o dióxido de carbono é o principal gás da atmosfera que possui a capacidade de absorver a radiação infravermelha do Sol.

Mudanças-climaticas-Efeito-Estufa-Esquema1

A grande preocupação quanto às consequências do aumento do efeito estufa é que há uma maior retenção da radiação infravermelha do Sol na atmosfera terrestre, o que provoca alterações climáticas e desequilíbrios ecológicos.

O aumento do efeito estufa, além de alterar o clima também trás diversos outros transtornos, tais como:

Ameaça plantas e animais – muitas espécies são sensíveis ao clima e só sobrevivem dentro de uma faixa de temperatura e umidade;

Agricultura – o aquecimento global favorecerá os insetos que vivem em áreas quentes fazendo com que haja perda de safras;

Vida selvagem – afeta a sobrevivência de certas espécies de animais.

A radiação solar pode causar uma série de consequências ao ser humano principalmente a pele como queimaduras, desidratação, câncer, dor de cabeça, tontura, náuseas, febre e o envelhecimento precoce.

Todo cuidado é pouco!

Fonte: fotos da web

Artigo protegido pela Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. É PROIBIDO copiar, imprimir ou armazenar de qualquer modo o artigo aqui exposto, pois está registrado.

Licença Creative Commons
O trabalho Radiação solar e suas consequências de Marisa Fonseca Diniz está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em https://marisadiniz.wordpress.com/2017/03/16/radiacao-solar-e-suas-consequencias.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s