Os subterrâneos ao redor do mundo

Marisa Fonseca Diniz

Desde a antiguidade, o homem procura novas formas de construções não apenas acima da terra como também por baixo dela. Com o crescimento das civilizações algumas cidades ao redor do mundo têm buscado criar novas formas de habitação debaixo da terra para acomodar as pessoas.

Diversos projetos subterrâneos abandonados são encontrados em diversas regiões do planeta, assim como construções de infraestrutura que suportam as construções que estão no nível da rua. Seguem algumas dessas construções subterrâneas:

Tóquio:

Os subterrâneos de Tóquio interligam cinco poços de 32 metros de diâmetro por 65 metros de profundidade com 64 km de túneis que, formam o sistema de águas pluviais destinados a impedir que a cidade fique inundada em épocas de chuvas.

Subterraneos_Japão

Esta obra de infraestrutura se encontra a 50 metros abaixo do solo, e é considerada uma obra sofisticada de engenharia.

Outro projeto bem interessante de se encontrar na cidade de Tóquio é  o estacionamento subterrâneo automático, com capacidade de abrigar até 200 bicicletas e fica a 11 metros de profundidade.

Estacionamento de bicicletas_Japão

Turquia:

A famosa cidade turística de Kaymakli na região da Capadócia é uma das diversas cidades subterrâneas encontradas na Turquia. Kaymakli é composta por quatro pisos e está localizada a 15 e 25 metros de profundidade, e há diversos rios e poços subterrâneos que fluem nessa área, onde é cercada pelas montanhas de Hassan e Melendiz.

Kaymakli

França:

O solo da cidade de Paris começou a ser perfurado no século XII para a extração de calcário e pedras que eram usadas nas construções, à exploração provocou a formação de diversas cavernas subterrâneas somando mais de 400 km, e é onde se encontram também as famosas catacumbas de Paris. Na época da Resistência Francesa na Segunda Guerra Mundial, os subterrâneos da cidade de Paris foram usados, atualmente serve de refúgio para as vítimas da crise econômica mundial.

Catacumbas_Paris

Escócia:

A cidade subterrânea com ruas, casas e diversas catacumbas no coração da cidade velha de Edimburgo, na Escócia, foram enterradas em 1753. Mas, até hoje os espeleólogos continuam descobrindo os segredos subterrâneos da Escócia.

Escócia_Edimburgo

Itália:

Roma possui diversas criptas, templos, igrejas, túmulos, aquedutos e casas nos subterrâneos da antiga capital do Império Romano. A cidade é um verdadeiro paraíso arqueológico com mais de 1800 hectares de construções subterrâneas que datam de 2800 anos atrás.

Roma

China:

A 70 metros de profundidade do Rio Tisu espeleólogos descobriram milhares de cavernas, e no distrito de Marshan mapearam 7 km da caverna Jin Lun conhecida como o local que há inúmeras entradas e túneis.

Alemanha:

A cidade de Colônia na Alemanha guarda um segredo arqueológico da época do Império Romano com diversas construções subterrâneas. Na região do Vale do Ruhr, o solo é tão esburacado que mais parece um queijo suíço devido à exploração da mineração durante séculos.

Os artigos aqui publicados e este blog estão protegidos pela Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. É PROIBIDO copiar, imprimir ou armazenar de qualquer modo os artigos aqui expostos, pois estão todos registrados.

 

Licença Creative Commons

O trabalho Os subterrâneos ao redor do mundo de Marisa Fonseca Diniz foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Com base no trabalho disponível em Http://marisadiniz.wordpress.com/2013/11/01/os-subterraneos-ao-redor-do-mundo/.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s