Grandes construções abandonadas

Por Marisa Fonseca Diniz

O gasto excessivo com projetos construtivos que depois de certo tempo são abandonados, não é privilégio apenas do Brasil, e sim da engenharia mundial.

Imagine um projeto magnífico de um parque temático virar uma “cidade fantasma”, é isso mesmo o que aconteceu com o parque temático Wonderland na China.

A construção do parque iniciou no final dos anos 1990 com a idéia inicial de ser o maior parque temático da Ásia, mas por falta de recursos suficientes o projeto foi abandonado anos depois, e os sonhos arquivados.

A cidade fantasma fica no subúrbio de Nankou a 45 minutos de Pequim, e o que se encontra por lá são apenas algumas estruturas semi-acabadas.

 Wonderland_1 Maior parque de diversões da Ásia Wonderland_2

O metrô fantasma também existe e fica nos Estados Unidos. No inicio do século passado, a expansão da cidade de Cincinnati necessitava um transporte eficiente, com isso a saída encontrada foi à construção de um metrô. A estimativa de gastos era de aproximadamente US$ 12 milhões, porém os cofres públicos só tinham disponíveis US$ 6 milhões iniciaram a obra mesmo assim, e pararam quando o dinheiro disponível acabou. As obras foram abandonadas, e hoje serve como abrigo de morcegos. Um ótimo exemplo de falta de planejamento e desperdício de dinheiro público.

Metro de Cincinnati abandonado

O Hotel Del Salto na Colômbia foi inaugurado em 1928 para viajantes ricos que visitavam Tequendama Falls, mas como o rio Bogotá era muito poluído os turistas foram perdendo o interesse em ficar no local. No início dos anos 1990 o hotel foi fechado até então está abandonado, cheio de limo e com um cheirinho ótimo de esgoto.

Hotel Del Salto na Colômbia

Contar com o ovo dentro da galinha nunca foi uma boa coisa, e foi justamente isso que aconteceu no distrito de Cheng Gong na China. O governo chinês preocupado com o crescimento do município Kunming, pólo industrial e agrícola com mais de 6 milhões de habitantes, decidiu construir o distrito de Cheng Gong.

Imagine um distrito com dezenas de edifícios residenciais, condomínios de luxo, shoppings, parques, um estádio e não ter moradores para ocupar e usar tudo isso, pois é, este é o resultado das obras andarem mais rápido do que a expansão da cidade.

Cheng Gong

 

Licença Creative Commons
Este trabalho de Marisa Fonseca Diniz, foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em Http://marisadiniz.wordpress.com/2013/07/10/grandes-construçoes-abandonadas .

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s